https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc1/t1/p526x296/1924790_287687034716889_192595140_n.jpg http://marciosantana.no.comunidades.net/006.jpg

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
O QUE LEVA UMA PESSOA A USAR DROGAS?
FALTA DE INFORMAÇAO
UM REFÚGIO P/ PROBLEMAS
FALTA ESTRUTURA FAMILIAR
AUSÊNCIA DE DEUS
Ver Resultados

Rating: 3.6/5 (1223 votos)




ONLINE
16








 

 
http://marciosantana.no.comunidades.net/006.jpg

 

 

Obrigado por estar aqui...

Acesse todas as páginas e sub-páginas...

Que o senhor DEUS nos abençoe sempre!...                            

Márcio Santana

 

agua viva

 

 


SÍMBOLOS CATÓLICOS

 

(1) A Pelican

O Pelicano é usado como um símbolo da Eucaristia, porque o pássaro pelicano alimenta seus filhotes por piercing sua própria carne e tomar sangue de si mesmo para alimentar seus filhotes. Isto é como a oferta de Cristo de Si mesmo na cruz em expiação dos nossos pecados. Através da Sua Paixão e Morte na Cruz, agora temos o sacramento da Eucaristia, na qual o pão eo vinho são transformados em Corpo e Sangue de Nosso Senhor.

Tal como o pelicano, a maneira de Cristo, de nos alimentar é através do Seu amor auto-sacrificial. São Tomás de Aquino faz referência ao símbolo do pelicano em seu famoso hino "Deus Here In Hiding". O Pelicano também aparece no Brasão de Armas do arcebispo George Pell, e do Corpus Christi College de Oxford e Cambridge. Oxford e Cambridge são duas das maiores universidades do mundo e foram criados no século XIII. Muitas das faculdades de Oxford e Cambridge foram estabelecidas por ordens religiosas católicas para a educação de seus membros e ainda conservam lembranças de sua herança católica, especialmente em seus brasões. Dentro do quadrilátero de Corpus Christi College, em Oxford há uma grande coluna em que se ergue a estátua de um pelicano. As palavras "Corpus Christi" é latim para "Corpo de Cristo."

(2) A Cruz

A Cruz é o mais comum de todos os símbolos católicos. Ele simboliza a cruz na qual Cristo morreu. Cada ano a Igreja celebra uma festa especial chamado "Festa da expiração da Santa Cruz". Isso está na memória de uma aparição milagrosa para o imperador Constantino em 312 dC, quando se preparava para lutar uma batalha. Ele teve uma visão no céu as palavras "In Hoc Signo Vinces" que em latim significa: 'Por este sinal venceremos ".

Existem também alguns tipos especiais de cruzamentos. Por exemplo, as pinturas de São Pedro, muitas vezes mostram-na segurando uma cruz que é de cabeça para baixo. Isto porque São Pedro foi martirizado por ser crucificado em uma cruz de cabeça para baixo. Da mesma forma que há um outro tipo de cruz chamado de 'St. cruzada de André ". Esta cruz está na forma de um X, pois Santo André foi crucificado em dois pedaços de madeira que eram em forma de X.

(3) O Crucifixo

O Crucifixo é uma cruz com uma figura do corpo de Jesus a ela ligada. Normalmente, tem as letras INRI escritos na parte superior. Estas cartas são curtas para a frase latina - "Jesus Nazaranus Judaeorum Rex", que traduz como "Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus '. Estas são as palavras que Pôncio Pilatos, governador romano da Judéia, condenada a ser escrito sobre a cruz na qual Cristo foi crucificado.

Às vezes um crucifixo também tem uma caveira e ossos cruzados na base da cruz. Um crucifixo deve ser colocado em ou sobre um altar onde o sacrifício da Missa é para ser oferecido. Em algumas Igrejas o crucifixo acima do altar vai retratar Cristo como o Sumo Sacerdote, coroado, manto e vivo.

Isto porque o Sumo Sacerdote judeu era a pessoa que ofereceu o sacrifício para os judeus, e Cristo é o nosso Sumo Sacerdote que se oferece a Deus para a remissão dos nossos pecados. Crucifixos são levadas em procissões e exibido nos lares católicos como uma lembrança constante para nós do sacrifício de Cristo por nós. Algumas freiras e irmãos também usar um crucifixo como uma parte do seu "hábito". "Hábito" é a palavra usada para descrever as vestimentas especiais ou "uniformes" usados ​​por membros de ordens religiosas.

(4) O Sagrado Coração

Este é um símbolo do amor de Jesus por toda a humanidade. Lembra-nos que o Seu amor por nós é eterno e incondicional. Ele geralmente assume a forma de um coração com uma cruz em cima e os espinhos torcida em torno do alto do coração ea base da cruz. Este é um lembrete para nós que o amor de Cristo era tão profundo que ele sofreu crucificação em nosso nome.

Ao longo dos séculos, uma série de santos têm incentivado devoção ao Sagrado Coração. Estas incluem: São Bernardo de Claraval (1090-1153), São Boaventura (1221-1274), São Mechtilde (1210-1280), Santa Gertrudes (1265-1302), Santa Margarida Maria Alocoque (1647-1690 ) e São Cláudio de la Colombière (1641-1682).

Destes o mais famoso é Santa Margarida Maria Alocoque que fomentou a prática dos católicos assistir à Missa por nove primeiras sextas-feiras consecutivas de cada mês, a rezar para que eles serão preparados espiritualmente para a morte quando isso acontece. Este é um tipo especial de novena, ou seja, uma oração que é dito por nove vezes ao longo de um determinado período de tempo para orar por um dom espiritual especial.

Na Austrália, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus tem sido divulgada pelos padres jesuítas que têm uma especial devoção ao Sagrado Coração (São Cláudio de la Colombière era um jesuíta), e também pelos Missionários do Sagrado Coração. Os Missionários do Sagrado Coração é uma ordem de sacerdotes fundada no século XIX na França pelo padre. Jules Chevalier. Muitas das primeiras missões católicas na região do Pacífico, incluindo a Papua Nova Guiné, foram estabelecidos pelos Missionários do Sagrado Coração.

Durante o período da Revolução Francesa, na última década do século XVIII, muitas centenas de milhares de católicos foram mortos pelos revolucionários. Alguns foram decapitados pela máquina conhecida como a guilhotina, mas muitos também foram afogados. Na região da Vendéia de milhares França destes católicos foi a sua morte carregando bandeiras do Sagrado Coração ou usando crachás Sagrado Coração em suas roupas.

O Sagrado Coração de Jesus continua a ser um símbolo muito poderoso da fé católica em todo o mundo, mas especialmente na França. As palavras do francês para se 'Sagrado Coração' Sacre Couer "e isso explica o nome da escola das meninas em Glen Iris e de outras escolas católicas em toda a Arquidiocese de Melbourne. Após a Revolução Francesa, os franceses construíram uma magnífica basílica no topo de Montmartre, em Paris, em expiação pelos pecados dos revolucionários. "Colina dos mártires" A palavra significa 'Montmartre'. A Basílica é conhecida como basílica de "Sacre Couer.

(5) Alfa e Ômega

Estas são as primeira e última letra do alfabeto grego. No livro do Apocalipse, que é o último livro do Novo Testamento, Cristo é referido como o "Alfa e Ômega. Isto significa que Ele é a origem eo fim de toda a criação. Nós só existimos porque fomos criados por Deus, eo propósito final de nossa vida está a passar a eternidade com Deus no céu. O Alfa eo Omega símbolos são colocados no círio pascal na Páscoa. Papa João Paulo II muitas vezes nos lembra que Jesus Cristo é o "centro e fim da história humana". Todo o tempo, e toda a criação está sob seu comando.

(6) IHS

A IHS letras são freqüentemente encontradas em igrejas católicas e nas lápides e vasos sagrados. Eles são um monograma do nome de Jesus, formado por abreviar a palavra grega para Jesus. Na Idade Média, a IHS foi amplamente utilizado entre os franciscanos e depois tornou-se popular com os membros da Companhia de Jesus (Jesuítas).

(7). A flor-de-Lis

Esta é a forma do lírio e é usado em todo o mundo, mas especialmente em países europeus, como símbolo de Nossa Senhora. A brancura ea beleza do lírio é um símbolo da pureza de Nossa Senhora. Este símbolo é encontrado em diversas capelas laterais de Nossa Senhora, incluindo a Capela de Nossa Senhora na Catedral de St. Patrick, em Melbourne.

(8). Fish

O Peixe tem sido usada como um símbolo de Cristo e do cristianismo desde os primeiros dias da Igreja. A palavra grega para peixe é Ichthus. Isto é tratado como um acrônimo para Iesous Christos, Theou, Uios, Soter - Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador. O peixe é também um emblema daqueles apóstolos que eram pescadores e promessa de Cristo para fazer deles "pescadores de homens" (Mc 1:17).

É encontrado em muitos túmulos cristãos em Roma que datam do primeiro século dC, às vezes com uma cesta de pães e um copo de vinho. Os pães são um símbolo do milagre descrito no Evangelho, quando Cristo alimenta uma multidão de pessoas em um pequeno número de peixes e pães.

O Papa também é conhecido como "O Pescador", pois ele é o sucessor de São Pedro e São Pedro era pescador. A expressão "os sapatos do Pescador" refere-se à instituição do Papado. O "Fisherman's Ring" é um anel de sinete especial usada pelo Papa e usados ​​para a selagem importantes documentos papais. Ela representa São Pedro de pesca e carrega o nome do governante Papa. Quando um Papa morre o anel é destruído.

(9). Os Evangelistas

Os evangelistas são os autores dos quatro evangelhos - Mateus, São Marcos, São Lucas e S. João. No livro do Apocalipse, último livro do Novo Testamento, em (4: 6-10) os evangelistas são representados por símbolos. São João tem uma águia, um boi de São Lucas, São Mateus, o rosto de um homem, e São Marcos, um leão.

Estes símbolos podem ser encontrados no chão de mármore do santuário na Catedral de St. Patrick, em Melbourne. Em Veneza, uma enorme estátua de um leão fica acima da praça de São Marcos e em todo o mundo cristão, estes símbolos são encontrados nas cópias dos Evangelhos e nas pinturas dos evangelistas.

(10.) As chaves cruzadas

As chaves cruzadas são um símbolo do papado. Isso ocorre porque Cristo disse a Pedro que ele iria dar-lhe as "chaves do reino" e que o que ele ligado na terra, seria ligado no céu, e tudo o que ele solto na terra, seria desligado no céu. (Mateus 16,19). São Pedro foi o primeiro Papa e os que têm seguido compartilhar este poder das chaves para ligar e desligar.

Enquanto São Pedro é muitas vezes retratado na obra de arte com as chaves cruzadas, São Paulo é geralmente retratada com uma espada que é um símbolo da "espada da fé" - a arma contra o diabo.

(11). Cordeiro

A O cordeiro é o símbolo de Cristo. A brancura do cordeiro simboliza a pureza, e os cordeiros são frequentemente associados com inocência e no sacrifício do Antigo Testamento, com. Cristo era, portanto, o cordeiro de sacrifício pelos pecados da humanidade. Às vezes, o cordeiro carrega uma bandeira que simboliza a vitória de Cristo sobre a morte de Sua Ressurreição. Isso é conhecido como o "Cordeiro de vitórias" símbolo.

Outra forma do símbolo mostra um cordeiro em um livro que está fechado com sete selos. Isto simboliza Cristo como juiz do fim do mundo. No livro de Isaías (53:7) são encontradas as seguintes palavras: 'duramente tratado, ele suportou com humildade, nunca abriu a boca, como cordeiro levado ao matadouro ". Estas palavras são encontrados em várias leituras para a Sexta-Feira Santa. A palavra latina para Cordeiro é "Agnes e Santa Inês também é simbolizado por uma figura de um cordeiro. Santa Inês foi uma mártir romana durante o período da perseguição do imperador Diocleciano. Ela é um dos santos mencionados na Oração Eucarística Em primeiro lugar, também conhecido como o "Cânone Romano.

(13). Dominicana Dog

A Uma imagem de um cachorro carregando uma tocha em sua boca é usada como um símbolo para os membros da Ordem dos Pregadores, fundada por São Domingos. Os sacerdotes são chamados geralmente dominicanos. Embora esta seja porque São Domingos foi o seu fundador, a palavra 'Dominicana' também pode ser transformado em uma espécie de trocadilho, que significa 'cão do Senhor ". A palavra latina para o Senhor é "Dominus" e da palavra latina para o cão é "Cão", por isso os dominicanos são "cão do Senhor". O incendiário é um símbolo de sua pregação, que define o mundo em chamas.

(14). A Dove

Este é um símbolo do Espírito Santo. Quando Cristo foi batizado por São João Batista, uma pomba desceu sobre ele. (Mateus 3:16 e Marcos 1:10). Às vezes, na arte uma pomba é retratada com sete línguas de fogo que simbolizam os sete dons do Espírito Santo. Uma pomba com um ramo de oliveira na boca também simboliza a paz. Isso é por causa do relato do Antigo Testamento da grande inundação após o que Noé soltou uma pomba da arca, que retornou com um ramo de oliveira no seu beck. O ramo de oliveira foi um sinal para Noé que as águas tinham residido. Alguns santos também têm o pombo como símbolo especial. Estas incluem: Santo Ambrósio, Santo Agostinho, São Gregório Magno, e São João Crisóstomo.

(15). Chi-Rho

Este é um símbolo de Cristo, organizados como um monograma As primeiras duas letras do seu nome em grego são XP. Os dois são geralmente escritos com o P sobreposto sobre o X. O Imperador Constantino usou o símbolo em seus padrões militares, e continua a ser usado na arte religiosa, especialmente sobre os paramentos litúrgicos.

CLIQUE NAS IMAGENS.:CN

PEDIDOS DE ORAÇOES

SEU NOME NUMA MISSAhttp://marciosantana.no.comunidades.net/006.jpg

 

SANTA MISSA TERÇO ONLINELITURGIA DIARIA

BIBLIA ON-LINEcatecismo da igreja católicaVATICANO ON-LINEDIOCESE DE JANAUBAPARÓQUIA SÃO JOAQUIM PORTEIRINHA MGVELA VIRTUALTV CANÇÃO NOVA MÚSICA CATÓLICA

CHAT CATÓLICOPAPEIS DE PAREDECATECISMO DA IGREJA CATÓLICASANTOS E SANTAS DE DEUS

ECC voce aquihttp://marciosantana.no.comunidades.net/006.jpg

 

Em breve teremos

muitas novidades...

Aguardem.

Obrigado ...                                            

Márcio Santana